Nome: Cristiane Schwinden (Assinado) · Data: 01/05/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Nossa, que forte e carinhoso! Senti todo seu amor nas entrelinhas, espero que vc fique bem :)



Resposta do autor:

Oi Cris. Quanta honra ter um comentário seu! 

Fico feliz que tenha gostado!!! Obrigada! 

E quanto ao ficar bem, estou sim! O texto traduziu toda a extrapolação de dor e tristeza que eu sentia. Foi catarse mesmo! Libertação! 

 

Obrigada mais uma vez!!! Super beijos! 

J. Hunter. 



Nome: Lemniscata (Assinado) · Data: 28/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.
Parabéns, Jenny. Fez me emocionar com suas palavras... me fez lembrar de alguém que teve tamanha importância em minha vida.

Resposta do autor:

Querida!!! 

Obrigada pelo comentário! Fiquei feliz por suas palavras! 

Obrigada! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: Rosangela451 (Assinado) · Data: 26/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

 

Lindo texto !!

Imagino o quanto te emocionou .

Eu tive uma tia que se fez mãe, e me deu as melhores recordações. 

 



Resposta do autor:

Olá Rosangela!!! 

Me emocionou muito sim. Principalmente quando escrevi em 1ª pessoa. 

Que bom que vc tem boas recordações de sua tia, assim como eu de minha avó.

Obrigada uma vez pelo seu comentário! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: jake (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Mais uma vez vc nos emociona com a delicadeza das suas palavras .Parabéns. obrigada pelo lindo e emocionante texto....



Resposta do autor:

Querida Jake,

Obrigada! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: Keilaspm (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Que lindo texto muito emocionante 

Nossa mano não me faz chorar assim não sério 

Lembrei da mulher que me crio mesmo fazendo 5 anos da sua parte ainda doe e muito 

Sem palavras aqui parabéns pelo resto lindo 



Resposta do autor:

kEILA, MEU AMOR... 

Sei o quanto esse texto  te tocou pelo que conversamos. Que o texto sirva como reflexão de como podemos encarar a dor da partida e continuarmos seguindo. 

Obrigada mais uma vez pelos seus comentários! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: HelOliveira (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Nossa sem palavras você conseguiu me emocionar, conheço um pouco desses sentimentos, muito lindo texto.

Parabéns 



Resposta do autor:

Oi Hel!!! 

Agradeço seu carinho e comentário!!! 

Obrigada! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: NAGILA (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Que lindo!!! Quem me dera ter tido uma avó assim... A minha não ligava muito pra mim não rs

Parabéns pela escrita!



Resposta do autor:

Oi Nagila, td bem? 

Uns têm avó, outros tia, ou amiga ou mãe mesmo... sempre temos alguém que nos ama de forma incondicional e sem igual. 

Obrigada pelo comentário, viu? 

Obrigada! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: Sylvie (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Eita...

Falar em  avó já me ganha!

 Parabéns pelo texto. Um dia aprendo a falar bonito assim.

 



Resposta do autor:

Obrigada, amore!!! 

Cadê o seu hein?? rsrs

Bjs 



Nome: rhina (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

 

Olá 

Bom dia.

Quem não tem aquela pessoa. ....a qual vc ama.....ama de uma maneira que o sentimento não se torna palpável. ......

E que se vai.....sem mesmo nos dá a chance de um último abraço. ...um adeus .....é  tirada de vc em  um rompante. ....

E vc não entende.....Não aceita....e este não aceitar que cria as amarras.....o aprisionamento. .....

E a libertação se faz necessário. .....

Acho que ainda não fiz a minha.

Linda história Autora.

Rhina



Resposta do autor:

Olá Rhina, 

verdade. Sempre temos alguém que quando se vai parece que nos leva junto, né? 
O aprisionamento vêm pela não aceitação da partida, do rompimento. E isso só vem com bastante conversa com amigos, com terapia, com fortalecimento da espiritualidade (e seja ela qual for). No meu caso, foi isso tudo junto e principalmente, auto analise, conhecimento de min mesma. 

Tente fazer a sua. Vai te fazer bem. E para a pessoa que partiu tb. 

Se precisar de alguma coisa que eu possa ajudar, pelo menos em ouvir, conte comigo! 

Bjs 



Nome: Endless (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Muito emocionate mesmo. Suas palavras me levaram ao passado quando minha avó por parte de mãe, a única que conheci, ainda estava viva. Não a definiria como açúcar, mas, talvez, aquele sabor de feijão com arroz que mata a fome. Minha avó, apesar da cultura machista da época, teve três maridos, e não ficou com nenhum, cuidando de três filhas sozinha. Morreu esquizofrênica. Mas das pessoas que me lembro ela foi a mais forte que conheci. Parabéns Jennyfer. Foi um paseio excepcional e cheio de ressignificação. Até o próximo e boa sorte!! Não esquece: bota juízo na cabeça de Bianca!! kkkk



Resposta do autor:

Oi Endless!!! 

A minha avó tb era por parte de pai. A única que conheci tb. 

Olha... avó tem cheiro de tantas coisas né? Admiro sua eterna vó pela força com a qual viveu. E pelo que escreveu, deixou uma neta cheia de orgulho e com um legado de exemplos inesquecíveis. Que bom que pude, mesmo sem qualquer pretensão, te proporcionar isso. 

E pode deixar... Bianca tem muito a tomar jeito ainda! rsrsr s

 

Obrigada! 

Bjs 

J. Hunter



Nome: Kairavieira (Assinado) · Data: 25/04/2019 · Para: Capitulo 1 - À Mãe com açúcar, toda libertação.

Lindo, nao teve como não lembrar do amor da minha vida, meu esteio meu porto seguro.

E que venham os propróxi desafios??????

 



Resposta do autor:

Obrigada, Kaira! 

Que venham os próximos!!!

Bjs 

J. Hunter



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.